1° PRÊMIO ABRA CARDUME PARA DESENVLVIMENTO DE ROTEIRO DE CURTAS

OS 3 PROJETOS SELECIONADOS RECEBERÃO PRÊMIO EM DINHEIRO E CONSULTORIA PARA DESENVOLVIMENTO DO ROTEIRO

De 29 de agosto a 25 de setembro de 2022 estarão abertas as inscrições para o Premio “ABRA CARDUME” para desenvolvimento de roteiro de curta. O prêmio é uma iniciativa conjunta da plataforma de streaming Cardume e da ABRA (Associação Brasileira de Autores Roteiristas) e, assim como outros prêmios da Cardume, visa estimular o desenvolvimento de roteiros de curta-metragem nacionais.

Todes roteiristas deverão submeter o argumento da obra até o dia 25 de setembro de 2022. Serão selecionados 3 projetos que receberão um prêmio de R$300 além de consultoria com as roteiristas Nina Kopko e Guatier Lee para desenvolvimento do roteiro.

As inscrições deverão ser realizadas pelo site da Cardume (cardume.tv.br) e poderão ser inscritos argumentos de curtas-metragens com até 2 páginas de autores brasileires. O arquivo não deverá ter capa.

O prêmio é destinado a autores estreantes ou não estreantes no universo audiovisual. Para inscrever, é necessário ser assinante do Plano Coral – Clube de Benefícios da plataforma Cardume.

A premiação será divulgada em live promovida conjuntamente pela Cardume e pela ABRA em data a ser divulgada.

Conheça as consultoras:

Nina Kopko atua nas áreas de roteiro, direção, consultoria de projetos e preparação de elenco. 

Foi diretora assistente dos filmes “A Vida Invisível” (Karim Aïnouz, 2019) e “O Silêncio do Céu” (Marco Dutra, 2016), roteirista de “As Seguidoras” (Paramount Plus, 2022), entre outros. É tutora do Laboratório de Roteiros da Escola Porto Iracema das Artes desde 2018. Prepara seu longa como diretora e roteirista, “Ranço de Amor”, produzido pela RT Features.

“Chão de Fábrica”, seu primeiro curta, venceu 17 prêmios, como o de melhor roteiro no Prêmio ABRA 2022, melhor curta de 2021 segundo a ABRACCINE e melhor curta dos festivais de Brasília, Rio, Ceará, Manaus e Fribourg.

Gautier Lee é uma roteirista e diretora queer negra, uma das fundadoras do Macumba Lab. Foi vencedora do prêmio Cabíria em 2019, e em 2020, foi finalista do Sir Peter Ustinov Script Writing Award, prêmio concedido pela International Academy of Television Arts and Science. Dirigiu o curta-metragem “Desvirtude” que, em sua estreia no festival de Gramado, ganhou 5 prêmios, incluindo Melhor Direção e Melhor Filme. Trabalhou em séries para a Amazon, Netflix, Globoplay e Comedy Central e foi participante do Colaboratório Criativo, iniciativa da AFAR Ventures com a Netflix Brasil. Atualmente, desenvolve seu segundo roteiro de longa-metragem e é diretora-geral do Fade to Black Festival. Vencedora do Prêmio ABRAÇO, na 6ª Edição do Prêmio ABRA de Roteiro.