Filmes online sobre a relação Humanos e Natureza

#Top5 – Da ficção ao documentário: Cardume selecionou curtas e médias metragens para você repensar sua relação com a mãe-natureza

Por Ana Raquel Lelles

A mãe-natureza não está feliz com a forma que os seres humanos vêm tratando o meio-ambiente. Desmatamento, poluição, destruição da camada de ozônio, seca, chuvas ácidas: a natureza sente os efeitos de cada local afetado.
Cuidar do local que a gente vive é cuidar de nós mesmos. E como os peixes que somos, não queremos destruir o oceano.

A Cardume indica 4 filmes que narram a relação dos “seres humanos” com a “mãe-natureza”.


4- Até o fim do mundo

Experimental, documental e biográfico: não há melhor maneira para definir o curta “Nakua pewerewerekae jawabelia / Hasta el fin del mundo / Até o fim do mundo” das diretoras Margarita Rodriguez Weweli-Lukana e Juma Gitirana Tapuya Marruá.
Assim como o título, o filme mescla três idiomas: sikuani, espanhol e português.

O curta faz parte do projeto [email protected] CONTRA LA COLONIZACIÓN: MUCHOS OJOS, UN SOLO CORAZÓN que é um “processo de retomada cultural” dos povos que viviam terras brasileiras e colombianas antes da colonização europeia. “Este vídeo foi uma tentativa ritual de sanação das dores coloniais, dessas feridas abertas que ainda nos doem a [email protected], humanos y não-humanos: naturezas de Abya Yala”.

Além deste processo de retomada cultural, o filme também explora a relação dos homens com a natureza em sua forma mais crua. As gravações foram feitas inteiramente com a câmera do celular e exploram as barreiras entre a ficção e o documentário.

O filme é de 2019 com classificação livre. Aliás, assistir ao curta é uma ótima experiência de crescimento espiritual e cultural para todes!
Veja: https://cardume.tv.br/movie/nakua-pewerewerekae-jawabelia-hasta-el-fin-del-mundo

3- Zana

Fugindo do documentário biográfico, a ficção Zana conta a história de um pequeno índio na selva amazônica. Em uma aventura, ele terá que enfrentar misteriosos personagens de mitos e lendas, em uma missão de resgate nada convencional.

Em meio a imagens maravilhosas da floresta e a natureza, em geral, a narrativa exalta a cultura indígena brasileira e nos deixa encantados! Aliás, de classificação LIVRE, o filme de 2019 é uma ótima sugestão para todas as idades e para assistir em família.

Zana tem a direção de Augustto Gomes.
Veja: https://cardume.tv.br/movie/zana-o-filho-da-mata/

2- A viagem de Ícaro

A reciclagem é uma das formas de salvar e proteger o mundo que vivemos. Por isso, o trabalho dos catadores é muito importante, apesar de nem sempre ser respeitado. Então, que tal dar protagonismo a esses trabalhadores?

Bazuka é catador de materiais recicláveis e tem o sonho de voar. Em uma mistura de realidade com ficção, o curta “A viagem de Ícaro” mostra o homem construindo as suas próprias asas.

O nome do curta pode ser uma referência ao mito de “Ícaro”. Aliás, uma das interpretações da história é como a representação das limitações e fraquezas do ser humano em comparação com a capacidade criativa e sonhos. Tudo a ver com o curta!

Sem diálogos, o filme de Kaco Olimpio, lançado em 2018, explora os sons da natureza e do cotidiano. A classificação é livre.
Veja: https://cardume.tv.br/movie/a-viagem-de-icaro/

1- NANÃ

Se você gosta do som da natureza, esse filme é ideal para você. Do barulho da chuva até o “silêncio”: a natureza conversa com os seres humanos de várias formas. “Uns escutam raízes, outros sussurram, a Terra se abre em gretas, grita”.

O curta Nanã reimagina, de forma artística e fantasiosa, o cotidiano de Suape em Pernambuco. De uma forma sutil, o filme denuncia como ações humanas impactam negativamente a natureza e “anunciam” o que está por vir.

Aliás, o nome “Nanã” é de um importante orixá feminino relacionado com a origem do homem na Terra. O que faz todo sentido no contexto do curta.

“Nanã” é dirigido por Rafael Amorim e foi lançado em 2017. A classificação é livre.

Veja: https://cardume.tv.br/movie/nana/

+1