20min

Ciclo

Ciclo é um documentário autobiográfico em que a diretora (Isabella Furtado) fala sobre seu convívio conturbado com transtorno de ansiedade por meio de Ana (Thayná Vilas Bôas), uma estudante que também foi diagnosticada com o transtorno.
20203min

Cine Vida

O Cine Vida é um projeto de oficinas de iniciação ao universo audiovisual, voltadas principalmente para formação de jovens e adultos interessados em conhecer o universo do audiovisual. Durante a realização do projeto, seus participantes são incentivados a desenvolver sua sensibilidade artística, sua relação com o mundo e com a sétima arte: o cinema. As oficinas propõem a compreensão e prática dos participantes de contextos colaborativos fundamentados na articulação de redes, diversidade em diálogo, cogestão, valorização e preservação da identidade e memória da cidade, economia sustentável e na arte e linguagem como agentes transformadores. Também busca introduzir a linguagem cinematográfica e seus conceitos técnicos, teóricos e filosóficos sobre o cinema a seus participantes. Aliando teoria e prática, o projeto traz subsídios para os participantes entenderem e realizarem todas as etapas da produção de um filme, utilizando-se de diversos recursos de linguagem e narrativa

Infelizmente, a Depressão ainda é vista com certo tabu e preconceito em nossa sociedade. O documentário “Clausura” tem como principal proposta: possibilitar a quebra de tais estigmas. Aproximando o público do tema, por meio da arte, onde artistas da cidade de São Paulo, descrevem sobre a convivência com a doença e como isso interfere em seus processos criativos.

Iniciado em março de 2013, o Projeto de Produção Audiovisual Clube das 5 está vinculado à Secretaria Municipal de Educação – SMED e atualmente conta com dois profissionais para o desenvolvimento das ações, os professores André Bozzetti e Adailton Moreira. Com o objetivo de popularizar a linguagem cinematográfica através de oficinas dirigidas. O Projeto utiliza a produção digital em audiovisual, enquanto ferramenta para a ampliação de conhecimento e do capital cultural dos estudantes. 

Atualmente o Projeto possui na rede de ensino local quatro núcleos funcionando com encontros semanais. Além do núcleo originário, na Escola Emília de Oliveira, o Projeto acontece também nas escolas municipais, Alice de Carvalho, Antônio de Godoy e Aparício Borges. O Centro de Educação Profissional Professor Florestan Fernandes, além de sede do projeto, também oferece aos alunos da Educação de Jovens e Adultos – EJA, curso nesta área do conhecimento.

201813min

Coágulo

Eva tem as veias escuras. Após uma tensa visita ao médico, ela adentra uma espiral de acontecimentos estranhos, perseguida por sua própria paranoia até encontrar seu fim de modo bizarro.
Em um mundo dividido entre palhaços e concursados públicos, Jujuba é o ator principal de um longa metragem, mas tem que escolher entre continuar sendo um palhaço ou arrumar um emprego "decente" .
Belo Horizonte. Encontro de corpos que compartilham, cada um à sua maneira, anseios, histórias, afetos, medos e existências, tudo isso com a cidade de pano de fundo. Jovens atravessados por diferentes experiências sociais, ocupando a cidade e criando suas próprias narrativas de vida.
Paula descobre em uma ligação, o real valor de um compromisso

Uma jornada entre a calmaria e o caos inspirada por relatos de cadernos de desenhos.

Marile busca um lugar de afeto e acredita que vai encontrá-lo ao lado de seus netos.

Ciro é segurança e trabalha de noite. Clarisse é doméstica e trabalha de dia. Os dois são casados, moram na região metropolitana e trabalham em Porto Alegre. Andam de lá pra cá e só se encontram na estação do trem.
201921min

De onde vim

O documentário "De onde vim" acompanha o cotidiano de Hendy, um imigrante haitiano que vive em Brusque, trabalha, estuda e frequenta a igreja. Hendy aprendeu português nas aulas de Anelede, uma professora aposentada que se dedica a ensinar imigrantes. Hendy já está integrado à sociedade, diferentemente de imigrantes venezuelanos e cubanos que moram na cidade. O documentário aborda as conquistas, medos e sonhos de quem vem de outro país morar numa cidade “europeia” do sul do Brasil.  
2020SP

Desta

DESTA é um filme-performance que trata das relações de poder que podem se estabelecer entre mestres e aprendizes, ofuscando a identidade destes em função dos desejos daqueles.

Um refugiado e um executivo se encontram em um fluxo de consciência realizando o mesmo ato físico: correr. Apesar de todo o estranhamento da situação e das diferenças entre si, no momento em que travam um diálogo, os dois sentem empatia um pelo outro e se enxergam como iguais.
201918min

Dissonância

Domenico quer cometer suicídio mas uma série de eventos iniciada por um encontro com seu amigo Tim o fazem questionar seus desejos.
201619min

Dissonante

Roberto Ronan (Tales Jaloretto) é um musicista e professor de piano que mora sozinho e, um dia, recebe a noticia que seu pai está doente. Às pressas, ele retorna a sua cidade natal e encontra seu pai, Cláudio (Fernando Henrique Aidar), e irmão no hospital. Ao alojar-se na casa onde crescera, o conflito que Roberto possui com seu irmão mais novo, Henrique (Marcus Veríssimo), vai tomando forma ao mesmo tempo em que revelações sobre a história da família são expostas.
201816min

Doutor Cohen

Um ateu de linhagem judaica recorre à religião durante um período de infortúnios.

Estamos a própria sorte, cada um por si e todos em casa. De mãos lavadas. É dolorosa a ironia do isolamento social quando a gente já virou imagem há muito tempo. Não cabem mais metáforas sobre a solidão e o individualismo quando agora é obrigatório viver só. O presente é mais absurdo que qualquer ficção futurista, com tudo isso me pergunto: E o que sobrou para as distopias?

201820min

Elza

A gente não presta atenção, mas o cineasta sempre escolhe quais cenas entram e quais ficam de fora do filme. Na vida não é diferente, vó. A memória é uma ilha de edição.

Através das vozes de diversos clientes, somos inseridos no cotidiano do Nonô, o Rei do Caldo de Mocotó, bar localizado entre a Avenida Amazonas e a Rua Tupis, em Belo Horizonte. Com 55 anos de história, o estabelecimento serve como um ponto de vista a partir do qual olhamos e observamos a capital mineira. Nos diversos encontros e casos que ali se dão, nos tornamos espectadores das vivências do centro da cidade.

201720min

Entre Pontos

Do que mais você é feito senão daquilo que é impresso em sua alma? Pequenos trechos, sensações, instantes que são ignorados no tempo e espaço enquanto o indivíduo caminha entre pontos buscando um ponto final. Qual é o ponto final? É este, foi o último ou será o próximo?

Vivi quer escapar de uma relação opressora. Em período de experiência como cobradora de ônibus, ela trabalha desejando não voltar para casa. A semana passa rápido, entre as paradas no ponto final e o itinerário os encontros com outras cobradoras fortalecem a mulher trabalhadora e seu desejo de fuga. Logo é final de semana e o centro de Belo Horizonte já não parece tão longe do bairro Boa Vista.
Uma última visita a um pai distante. Todos os filhos, quase todos os netos. Um registro do encontro das gerações que não sabem bem o que foi a convivência paterna. Nem os filhos, nem os pais, nem os netos. Um domingo que se fez de despedida, embora ainda ninguém soubesse. “Eu não vou ao enterro de painho” é um curta-metragem documental que mostra o conflito de um filho pensando sobre remorsos, saudades e medos.

Mostrando 49–72 de 164 resultados